A COM SENSUAL homenageia o dia e o mês das mulheres.

Inegavelmente o Dia Internacional da Mulher é dia de celebrar as metas que já conquistamos. Mas também é o dia que conversas importantes ganham novo fôlego. Tudo bem, ganhar flores é legal. Mas o que nós, mulheres, realmente queremos é respeito, igualdade salarial, direito sobre o próprio o corpo e fim das violências.
Para seguir com essa discussão é importante voltar na história e entender como o Dia Internacional da Mulher surgiu.

ORIGEM

A origem do Dia Internacional das Mulheres tem início em 1908. Aliás, Nova York foi o cenário quando 15 mil mulheres operárias entraram em greve. Elas marcharam pela cidade para protestar sobre as condições de trabalho às quais eram submetidas. Na época, mulheres trabalhadoras se encontravam em posição menos privilegiada que os homens. Decerto a organização laboral era inferior, as condições de trabalho precárias, o salário era baixo e elas ainda sofriam assédio sexual no ambiente de trabalho.

Rússia e seu papel nessa data

Mas apesar dos primeiros passos nos EUA, foi na Rússia que o Dia Internacional da Mulher viria tomar caráter político e revolucionário. Então foi em 1910 que o movimento das mulheres, liderado pela ativista alemã e socialista Clara Zetkin, surgiu com a ideia de transformar a celebração do Dia da Mulher em uma data internacional de luta pelos direitos civis das mulheres. Entretanto foi na mesma época em que Zetkin difundia suas ideias pela Europa, que a Rússia – onde o Dia da Mulher já havia sido estabelecido em 1913 – passava por um período de inquietação. Afinal, o país estava exausto pela guerra. Pois este cenário marcou o Dia da Mulher de 1917 na Rússia, que apesar de não ter sido a primeira celebração da data no país, foi o ano em que milhares de mulheres trabalhadoras se reuniram no centro da capital da russa para protestar por melhores condições de trabalho. Portanto, como consequência direta dos protestos, as mulheres conquistaram também o sufrágio. Este marco viria determinar o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher.

Dia da Mulher Real e Oficializado pela ONU

Depois de passar algumas décadas em latência, a data voltou a ter relevância na década de 60. Principalmente com a nova força do movimento feminista. Oficializada pela ONU em 1975, ano que ficou batizado como “Ano Internacional da Mulher”. Assim a data foi estabelecida com o objetivo de relembrar as conquistas políticas e sociais.

Hoje o dia 8 de março é considerado feriado nacional em diversos países como China e Rússia. No Brasil, a data é comemorada com protestos nas principais cidades do país. Eles costumam levar para as ruas pautas como igualdade salarial, legalização do aborto e violência contra a mulher. Em 2019, o tema definido pela ONU para o Dia Internacional das Mulheres é “pensemos em igualdade, construção das mudanças com inteligência e inovação”. O propósito é levantar a discussão sobre a defesa da igualdade de gênero e empoderamento feminino. Além disso, focar nos sistemas de proteção social, acesso aos serviços públicos e infraestrutura sustentável.

Mulheres Inspiradoras

Não poderíamos passar o 8 de março sem citar algumas das personagens incríveis que fizeram e fazem história na luta pelo empoderamento feminino. Então aqui segue uma lista com cinco mulheres do mundo inteiro que inspiram com suas conquistas e ativismo!

Rosa Parks

ROSA PARKS:
Em 1955, no auge da segregação racial estadunidense, a costureira Rosa Parks negou ceder seu assento no ônibus a um homem branco. Por se recusar a levantar, Parks, que na época tinha 42 anos, chegou a ser presa. Este episódio foi um dos estopins que atiçou os protestos pelos direitos negros e anti-segregação liderados por Martin Luther King.

DANDARA DOS PALMARES:

A COM SENSUAL homenageia o dia e o mês das mulheres
Dandara dos Palmares

Peça-chave na resistência contra a escravidão no Brasil colônia, foi Dandara dos Palmares. Aliás, era mãe de três filhos e esposa do líder quilombola Zumbi dos Palmares. Sobretudo, liderou mulheres e homens nas lutas armadas pela libertação dos africanos e brasileiros escravizados. Após ser presa durante os conflitos, Dandara tirou a própria vida ao se jogar de um abismo em 1864. Seu ato foi para evitar ser levada de volta à senzala e à condição de escrava.

A COM SENSUAL homenageia o dia e o mês das mulheres
Maria da Penha

MARIA DA PENHA:

A lei “Maria da Penha” que tipifica a violência doméstica no Brasil, leva seu nome. Maria da Penha – farmacêutica e mãe de três filhas – ficou paraplégica em 1983. Consequência do tiro disparado pelo seu próprio marido enquanto dormia. Surpreendentemente, ainda no mesmo ano, ele tentou eletrocutá-la enquanto tomava banho. Após o segundo episódio, Maria da Penha saiu de casa com as filhas e travou na justiça um processo que durou 12 anos. O homem ficou preso por apenas dois anos. Hoje seu nome é símbolo da luta pela erradicação da violência contra a mulher.

MALALA YOUSAFZAI:

A COM SENSUAL homenageia o dia e o mês das mulheres
Malala Yousafzai

Com apenas 17 anos anos, essa garota paquistanesa se tornou a pessoa mais jovem a ganhar um prêmio Nobel da Paz. Malala se fez merecedora deste prêmio por sua luta pelo direito das mulheres à educação e se tornou símbolo de resistência e luta por sua história de vida. Principalmente por envolver o tiro que tomou na cabeça em retaliação por seu ativismo quando tinha apenas 14 anos.

A COM SENSUAL homenageia o dia e o mês das mulheres
Jameela Jamil

JAMEELA JAMIL:

A atriz e ativista britânica Jameela Jamil atualmente estrela a série americana The Good Place. Mas é nas redes sociais que seu ativismo toma vida. Todavia Jameela utiliza suas redes sociais há anos para propagar assuntos sobre beleza e empoderamento feminino. Em março de 2018, após ver uma foto descrevendo detalhadamente o peso e medidas de cada uma das integrantes da família Kardashian-Jenner, Jamil criou a conta @I_weigh no instagram. Ao passo que nos seus posts mulheres são encorajadas a enviar fotos e selfiessem edição! Antes de tudo, pede para cada seguidora se lembrar do que a faz sentir orgulho de si mesma.

No dia internacional das mulheres, nós da Com Sensual desejamos que sororidade e empoderamento sejam palavras de ordem durante os 365 dias do ano. Principalmente, que as mulheres sejam ouvidas. Não ridicularizadas ou ignoradas, quando gritamos por nossos direitos. A luta pela igualdade de gênero é a luta por uma sociedade livre, justa e melhor para todos!!!

Fontes:

ONU Mulheres define tema global para Dia Internacional das Mulheres

A origem operária do 8 de Março, o Dia Internacional da Mulher

Why March 8 Is International Women’s Day

Leia também na Com Sensual:

SORORIDADE: DICAS PRÁTICAS PARA APLICAR O CONCEITO NO DIA-A-DIA

AUTOESTIMA, EMPODERAMENTO FEMININO E A JORNADA PELA REPRESENTATIVIDADE

COMO A SORORIDADE CONSENSUAL PODE EMPODERAR AS MULHERES?

IGUALDADE DE GÊNERO: O QUE É ISSO, AFINAL?

deixe o seu comentário